9 de nov de 2010

Vida de Tutor

Costumo dizer que, como professor, não me atribuo o adjetivo de “sofredor”, pois estou no cargo por gostar de fazer tudo aquilo que a profissão exige. Atuar como Tutor não é diferente. Se alguém pensa que a tutoria é compensadora economicamente, está enganado. A atuação como tutor é na verdade se torna um aprofundamento dos conteúdos propostos na disciplina trabalhada.
Para que o tutor atue de maneira satisfatória, ele deve: acessar diariamente os ambientes de aprendizagem; manter os feedbacks atualizados; realizar constantes pesquisas relacionadas aos conteúdos; buscar textos que proporcionem as motivações necessárias aos alunos; estar atento às necessidades dos cursistas com relação às atividades.
Em diversos momentos, os anseios e as expectativas se tornam presentes, principalmente quando se constatam evasões nas turmas. O que deve ser trabalhado com bastante profissionalismo, para que se reverta o quadro.
Dessa forma, a vida de um tutor é bastante agitada, pois, com todos esses compromissos com a formação a distância, ele deve manter também sua “autonomia”, organizando-se de maneira que as demais atividades que desenvolva sejam também planejadas, para que não aconteçam atropelos de última hora.

Nenhum comentário:

Adahil Talentos 2009 apresenta: "Patativa em Grafite"